Emitindo um CT-e completo

Emitindo um CT-e completo

Acesse o Totalerp para realizar a emissão do CT-e, após isso clique no módulo CT-e > Novo CT-e Completo.

Nessa opção de emissão, todos os campos que são possíveis de preencher são apresentados.

Ao clicar no Novo CT-e Completo o sistema apresenta a tela abaixo.




Abaixo é apresentado cada função que foi destacada na imagem acima da aba Dados CT-e:

1 – Natureza da operação: Selecione nesse campo a natureza da operação de acordo com a sua necessidade de emissão, caso não tenha sido cadastrada, clique aqui para ver o tutorial.
2 – Documentos Transportados: Nesse item é apresentado três formas de realizar a inclusão da NF-e no CT-e, são elas:

  1. Selecionar arquivos: Nesta opção é possível importar o XML da NF-e no sistema, ou seja, caso você possua o XML da NF-e da mercadoria que será transportada, ao importar, o sistema irá preencher os campos com as informações da NF-e, Remetente, Destinatário, valor da mercadoria e peso, dessa forma a emissão fica mais rápida.
  2. Adicionar NF-e: Nessa opção, o sistema irá apresentar mais campos para a inclusão de dados como a chave de acesso, data da emissão, valor da nota e peso. Dessa forma o preenchimento das outras informações é feita de forma manual.
  3. Importar NF-e(s) encaminhada(s) por e-mail: Nessa opção, o sistema irá apresentar uma tela com as NF-es que foram enviadas para o e-mail nfe@mwork.com.br e com seus dados como transportador no XML enviado. Para maiores informações clique aqui.
3 – Local de emissão do CT-e: Selecione nesse campo o município que está sendo emitido o CT-e, por padrão o sistema coloca o município informado em Administrativo > Minha Empresa.
4 – Local de inicio da prestação: Selecione nesse campo o município onde será carregado o veículo para a viagem.
5 – Local de término da prestação: Selecione nesse campo o município onde será descarregado o veículo, ou seja, onde a mercadoria transportada será entregue.

Ao clicar na aba 
Tomador o sistema apresenta as seguintes informações:



Nessa tela é apresentada a opção para selecionar o tomador do serviço. O tomador do serviço é o responsável pelo pagamento do seu serviço, esse campo possui as opções 0 – Remetente, 1 – Expedidor, 2 – Recebedor, 3 – Destinatário e 4 – Outros.

Ao clicar na aba Remetente o sistema apresenta as seguintes informações:




Na aba Remetente informe os dados da parte que promove a saída inicial da carga que está sendo transportada.

Nessa aba, você consegue pesquisar pelo remetente no sistema, se ele tiver cadastrado em 
Administrativo > Gerenciar Pessoa > Nova Pessoa, se ele não tiver cadastrado, será necessário inserir manualmente os dados, porém, se for importado o XML da NF-e o sistema irá preencher esses campos de acordo com o XML.

Ao clicar na aba 
Destinatário o sistema apresenta as seguintes informações:




Na aba Destinatário informe os dados da que é a parte a quem é destinada a carga.

Nessa aba, você consegue pesquisar pelo destinatário no sistema, se ele tiver cadastrado em 
Administrativo > Gerenciar Pessoa > Nova Pessoa, se ele não tiver cadastrado, será necessário inserir manualmente os dados, porém, se for importado o XML da NF-e o sistema irá preencher esses campos de acordo com o XML.

Ao clicar na aba 
Serviços e Impostos o sistema apresenta as seguintes informações:



Abaixo é apresentado cada função que foi destacada na imagem acima da aba Serviços/Impostos:

1 – Valores da prestação de serviço: Informe no campo Valor do Frete o valor que foi negociado com o seu cliente para realizar o transporte da mercadoria, ao inserir o valor, clique com o mouse em qualquer parte da tela, dessa forma o sistema irá replicar o mesmo valor para os campos Valor Total da Prestação de Serviço e Valor a Receber.
2 – Componentes dos valores da prestação de serviço: Nesse item, por padrão é apresentado o componente FRETE VALOR, porém, caso queira detalhar com mais valores referente ao frete clique no botão Adicionar Componente, esse valor será adicionado nos campos Valor total da prestação de serviço e Valor a receber.
3 – Informações relativas aos impostos: Nesse campo, o sistema irá replicar o que foi configurado na natureza da operação, porém, se for necessário, é possível fazer na emissão do CT-e.

Ao clicar na aba CT-e Normal o sistema apresenta as seguintes informações:



Abaixo é apresentado cada função que foi destacada na imagem acima da aba CT-e Normal:

1 – Valor total carga: Informe nesse campo o valor total da carga, essa informação é possível consultar na NF-e.
2 – Produto predominante: Informe nesse campo o produto predominante na NF-e.
3 – Lista de informações de quantidade de carga: É necessário clicar no botão Adicionar Informações e colocar as informações de peso da carga que está sendo transportada. Se foi realizada a importação do XML da NF-e, esse campo estará preenchido se no XML tiver essa informação, caso contrário, será necessário informar manualmente.
4 – Informações rodoviárias gerais: Informe nesse campo o número do RNTRC da sua empresa, caso você não saiba o número do RNTRC da sua empresa, clique aqui para ver o tutorial.

Ao clicar na aba Dados complementares o sistema apresenta as seguintes informações:



Na aba de Observações é possível inserir informações adicionais sobre o frete que está sendo feito. Existe a possibilidade de deixar salvo no sistema um texto padrão e durante a emissão somente selecionar, para realizar esse procedimento é só clicar em Pesquisar Observações, caso não tenha nenhum cadastrado é só ir em Administrativo > Cadastros > Observações > Nova Observação.

Ao clicar na aba Cobrança o sistema apresenta as seguintes informações:



Se você possui o módulo Financeiro, é possível realizar a integração financeira, para o sistema gerar uma nova conta a receber assim que o CT-e autorizar. Para realizar essa parametrização no CT-e, é necessário selecionar em Enviar Informações para o módulo financeiro (Conta a Pagar/Receber)?
  1. Sim: Se a opção marcada foi Sim, o sistema irá apresentar mais informações para preencher para que seja possível gerar a conta a receber no módulo Financeiro.
  2. Não: Se a opção marcada foi Não, o sistema não irá integrar com o módulo Financeiro.
  3. Faturar Depois: Ao selecionar essa opção, o sistema não irá apresentar nenhuma informação para preencher, porém, ao autorizar a NF-e, o sistema irá enviar as informações de recebimentos para o módulo Financeiro no seguinte caminho Financeiro > Faturamento.
No item Duplicata/Fatura, é possível colocar a quantidade de parcelas para aparecer na DANFE e no XML.

Quantidade de duplicatas:
 Informe a quantidade de parcelas.
Frequência dos vencimentos: Informe o intervalo de vencimento, se é de 7 em 7 dias ou 30 em 30 dias.
Data primeiro vencimento: Informe a data do primeiro vencimento, e a partir dessa data o sistema irá calcular de acordo com a frequência de vencimento.
Atribuir arredondamento na: É possível selecionar em qual parcela será feito o arredondamento quando houver, se é no primeira ou na última parcela.
Gerar Duplicata: Clique nesse botão após ter todos os campos preenchidos corretamente, dessa forma o sistema irá gerar as parcelas.

Após preencher todos os campos obrigatórios mencionados, clique no botão 
Salvar, dessa forma fica gravado no sistema o CT-e e habilita a opção de Pré-visualizar DACTE, ao clicar nesse botão, é possível ter uma prévia da DACTE que será autorizada.

Após validar e ver que está tudo certo, é só clicar no botão 
Transmitir e aguardar o SEFAZ processar o CT-e.

    • Related Articles

    • Emitindo um CT-e simples

      Acesse o Totalerp para realizar a emissão do CT-e, após isso clique no módulo CT-e > Novo CT-e Simples. Com o CT-e Simples é possível realizar a emissão somente dos CT-es com o Tipo de Serviço como Normal e a Finalidade da emissão também deve ser ...
    • Emitindo um MDF-e

      Acesse o Totalerp para realizar a emissão do MDF-e, após isso clique no módulo MDF-e > Novo MDF-e. Ao clicar no Novo MDF-e, siga os passos abaixo para realizar o preenchimento. No item Informações ANTT, preencha os seguintes campos: 1 – ...
    • Emitindo uma NF-e de entrada

      Para emitir uma nota fiscal eletrônica de entrada, é necessário acessar o sistema Totalerp. Após isso, clique em NF-e > Nova NF-e. O preenchimento da NF-e de entrada é muito parecido com o preenchimento da emissão da NF-e normal. Abaixo, ...
    • Emitindo uma NF-e de devolução

      Para emitir uma nota fiscal eletrônica de devolução, é necessário acessar o sistema Totalerp. Após isso, clique em NF-e > Nova NF-e. O preenchimento da NF-e de devolução é muito parecido com o preenchimento da emissão da NF-e normal. Abaixo, ...
    • Emitindo uma NF-e de saída

      Para emitir uma nota fiscal eletrônica de saída, é necessário acessar o sistema Totalerp. Após isso, clique em NF-e > Nova NF-e. Abaixo, apresentaremos todos os campos obrigatórios para preenchimento. 1 – Finalidade: Esse campo define qual é o ...